Ghost Recon com soldados do futuro? É isso mesmo.

Ghost Recon é uma série que já está nos games há um bom tempo. Entretanto, a Ubisoft decidiu inovar na franquia, trazendo soldados de um futuro não muito distante em Ghost Recon: Future Soldier. Ou seja, esqueça as guerras fieis a realidade, como eram representadas nos outros games, e vamos partir para algo mais sci-fi.

Como assim, mais sci-fi? Basicamente, os jogadores agora terão acesso a recursos como capas de invisibilidade, exoesqueletos mecânicos que duplicam sua força e rifles de assalto que se adaptam a qualquer situação. E estas são apenas algumas das novidades do game.

Sem dúvidas, a tecnologia de ponta será um dos pilares estruturais do game. Mesmo assim, a Ubisoft Paris, desenvolvedora do título, também manteve boa parte dos elementos característicos da série, como o trabalho em equipe e a perspectiva em terceira pessoa.

Escolha seus brinquedinhos

Quando comentamos sobre “soldados de um futuro não muito distante”, estávamos falando de um período de 15 anos. Future Soldier se passa em 2025, e conta a história dos Ghosts, um grupo de soldados de elite equipados com o que há de mais avançando em termos de armamento militar. O conflito inicia-se quando o governo russo invade países nórdicos ricos em óleo. Para evitar a guerra, os Estados Unidos enviam os Ghosts.

Você encarna Kozak, um novato que é apresentado logo quando o conflito está literalmente explodindo. Além de controlá-lo, você também terá acesso a outros personagens, incluindo um guarda-costas, um engenheiro e até um civil.

É possível escolher entre quatro classes diferentes: Recon, Engineer, Commander e Sniper. Cada uma delas é equipada com uma variedade de armamento altamente tecnológico. Os Recons possuem camuflagem ótica desenvolvida através de elementos que distorcem a luz, permitindo ao jogador se tornar quase invisível quando parado. Um efeito bem parecido com o que foi visto nos filmes da série Predador.

Já os engenheiros podem destruir qualquer aparelho eletrônico a sua volta, graças ao pulso eletromagnético. Esta arma faz com que a comunicação, dentro de uma área limitada, seja impedida, desligando veículos e outros eletrônicos. Além disso, os engenheiros também controlam os Drones, que são como pequenos robôs equipados com armas diferentes e com uma armadura pesada. Estes Drones são indicados para áreas em que há uma grande concentração de inimigos.

Qual será a sua classe?

Os Commanders são como uma classe padrão para quem busca apenas lutar. Sua arma principal é a Modular Assault Rifle, que pode ser alterada para se adaptar a diferentes tipos de conflito. A parte superior da arma contém um rifle automático e uma baioneta capaz de cortar arames e gargantas. Na parte inferior, o jogador pode acoplar diversas armas distintas, como shotguns e lançadores de granadas. Eles ainda carregam uma espécie de morteiro portátil para destruir grandes instalações ou atingir um grande número de inimigos.

Cooperativo e em tela dividida

Se você gosta de dividir a ação, então fique tranquilo. Future Soldier oferece a possibilidade de desfrutar de toda a campanha com a tela dividida ou online através do Xbox Live. Esta campanha conta com 14 missões diferentes, e deve durar entre 12 e 14 horas. O título ainda traz multiplayer competitivo para até 16 jogadores, oferecendo diversos mapas e modalidades, como Team Deathmatch, Capture the Flag e outras que devem ser anunciadas em breve.

Há ainda um sistema de níveis, estreante na série. Com ele, o jogador ganha novas armas, upgrades e ainda aparece no ranking mundial. Basicamente, para subir de nível é necessário coletar pontos de experiência, que são fornecidos na campanha e nas modalidades online. Contudo, a Ubisoft resolveu guardar uma carta na manga para o modo coop e online: o Link-Up.

Uma excelente maneira de fazer novos amigosEste recurso permitirá aos jogadores compartilhar suas habilidades com seus companheiros. Para isto, basta se aproximar do seu colega e ativar o Link-Up com um simples toque no botão. Com isso, seu personagem passará a ser controlado pelo seu amigo, que se tornará o líder do esquadrão. Seu novo personagem passa então a seguir automaticamente o líder e você só precisa olhar e atirar.

Os jogadores novatos poderão ligar-se aos mais experientes para conhecer o mapa, enquanto os esquadrões formados por veteranos terão a chance de criar uma formação implacável. O melhor de tudo é que as habilidades ganham um “turbo” quando o jogador entra no sistema Link-Up, permitindo camuflagens mais convincentes, por exemplo.

Mais ação, menos distância

Future Soldier também contará com um sistema de cobertura, assim como os jogos anteriores da série. O jogador poderá se esconder atrás de carros, caixas e até edifícios. Além disso, é possível escolher uma área e deslizar rapidamente até o local para evitar problemas.
A Ubisoft comentou que, agora, o foco não está mais nos combates à longa distância. Em vez disso, o game enfatizará os combates próximos, e por isso o sistema de cobertura será ainda mais importante. O visual também está diferente, com uma palheta de cores mais vibrante.

Ghost Recon: Future Soldier é uma aposta ousada da Ubisoft. Mesmo assim, as novidades em relação ao armamento devem trazer novos horizontes para a franquia e podem, tranquilamente, providenciar uma experiência divertida e intensa. O jogo será lançado para PC, Xbox 360 e PlayStation 3 no terceiro trimestre de 2010. Felizmente, uma versão beta chega no inverno, convidando os jogadores que comprarem Splinter Cell: Conviction.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: